sexta-feira, 20 de maio de 2011

Alterações de humor na gestação, como lidar?

Essa é outra queixa importante dos maridos e até mesmo das grávidas. “Como lidar com as mudanças repentinas de humor da mulher que está grávida?”
Sabemos que é difícil lidar com a instabilidade. Uma hora ela está bem, feliz e sorrindo, de repente fica séria, começa a chorar, quer ficar mais quieta e não consegue explicar o porquê, porque no fundo nem ela sabe. Os maridos ficam sem saber o que fazer para evitar essas mudanças bruscas de humor ou o que fazer quando elas já aconteceram. Muitas vezes tentam se adaptar à mulher, mas mesmo assim isso não é o bastante. A mulher por sua vez, como não consegue compreender inteiramente o porquê dessas alterações que ocorrem em curto espaço de tempo, muitas vezes tem a sensação de que está ficando louca.
Não há uma regra que possamos dar para resolver a questão, mas algumas dicas podem auxiliar o casal a lidar melhor com as situações que aparecem. Em primeiro lugar é importante que gestante e marido compreendam que todas essas alterações fazem parte das mudanças próprias da gestação, e que por isso mesmo tem prazo para acabar, saber disso auxilia a mulher a eliminar a sensação de loucura e, ao homem a entender que não é “frescura” de grávida, mas sim que existem questões biológicas envolvidas nessas alterações de humor. Os níveis hormonais estão se modificando intensamente e isso contribui para que haja essa instabilidade de humor. Se uma mulher na TPM já fica diferente, o que dirá de uma gestação em que o corpo todo está se preparando para gerar uma nova vida?
Outra coisa importante, é que o casal mantenha um diálogo e comunicação sempre aberta, pois assim fica mais fácil lidar com os sentimentos que emergem da situação. Nesse caso em especial, o marido deve expressar seus sentimentos para a gestante, a fim de mostrar para ela como se sente e o quanto está empenhado e envolvido para auxilia-la, não esquecendo, porém que há maneiras e maneiras de realizar esse diálogo que deve estar pautado no cuidado, e em uma conversa que obtenha resultados positivos para ambos, logo não dá para conversa de “cabeça quente”. Esse ponto é importante, porque por mais que o marido faça tudo o que a grávida quer e deseja ela sempre irá querer mais e mais, e não é por ser ingrata, mas sim por estar com as suas necessidades aumentadas. E mesmo não estando nunca satisfeita, é importante que saiba que seu companheiro está fazendo a sua parte e que ela também precisa ser um pouco compreensiva. A grávida realmente está num período que necessita de muito amor e carinho e é difícil para as demais pessoas atenderem completamete essa demanda. A comunicação pode ajudar a aproximar o casal que por vezes, teve sua relação abalada pela instabilidade do humor feminino.
Essa é mais uma questão que precisa ser compartilhada durante a gestação, já que é um momento em que papai e mamãe compartilham tantos sonhos, expectativas e alegrias que gerarem um bebê.

84 comentários:

  1. estou com 9 semanas de gestação... meu Deus nem eu estou me aguentando, só quero ficar em casa, nao quero ficar de conversa, estou mto irritada .. e eu sempre fui mto alegre vivo sorrindo e meu maior sonho sempre foi ser mae... mas é algo que nao consigo controlar, estou de tolerancia zero esses dias...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. oi meu nome e sergio minha namorada me pediu um tempo estando de 7 semanas por uma briga q tivemos

      Excluir
    2. Olá Sérgio,

      Nas primeiras semanas de gestação as mulheres tendem a ficar mais sensível.
      O tempo que ela pediu, talvez seja um tempo para ela se reorganizar com todas novas as informações, sensações e experiências que ela está tendo.
      Se possível tente conversar com ela quando sentir que ela está receptiva para uma conversa.
      Boa sorte!

      Excluir
  2. Olá Anônima,
    As sensações que você descreveu são muito comuns neste comecinho de gestação. Pense que tudo está mudando: corpo e hormônios, sentimentos e emoções também.
    A necessidade de ficar mais quietinha e até um pouco isolada, está relacionada com a necessidade de ir se aproximando do seu bebê.
    Caso você perceba que todas essas sensações de alguma maneira estão te limitando a realizar algumas atividades importantes, procure ajuda.

    ResponderExcluir
  3. ola estou gravida de 30 semanas...mas esta muito dificil lidar com meus sentimentos.Quero sexo mais doq antes de estar gravida...mas meu marido esta me evitando e eu nao sei o porq.Ja peguei ele vendo mulheres na internet,chorei muito e me senti a pior de todas.Mas entendo tbem q é um periodo que a mulher nao acende o prazer sexual no marido....com esse barrigao é dificil...me ajude com uma palavra de conforto...to muito triste só chorando...tenho mais dois filhos...tenho 37 anos.Meu nome é Magda.Obrigado

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Magda!
      As alterações do desejo sexual são comuns na gestação. Pode haver tanto uma diminuição do desejo, quanto um aumento, como é o seu caso.
      Também é comum haver algum tipo de impacto na sexualidade do casal durante a gravidez. Muitas vezes o homem fica com dificuldade de lidar com o sexo por causa de uma série de medos e receios acerca do assunto, como por exemplo, de machucar o bebê na relação sexual ou desrespeitar a mulher que está gerando o seu filho. Muitos homens tendem a "santificar" a mulher grávida e não conseguem unir a questão da maternidade com a sexualidade.
      Nesses casos é importante que o casal esteja aberto para diálogo e possa conversar sobre o assunto a fim de esclarecer o que está prejudicando a sua sexualidade! Caso fique difícil mesmo assim, vale a pena tentar o auxílio de um psicólogo que é um profissional apto para lidar com esse tipo de questão!
      Sexo na gravidez é muito saudável (quando não tiver restrições médicas) e faz parte da qualidade de vida do casal!
      Continue nos acompanhando que em breve teremos uma postagem sobre sexualidade na gestação!

      Excluir
  4. Ola minha namorada esta gravida de 14 semanas estou fazendo tudo que posso pela gravidez, tenho paciencia, consigo consiliar bem as mudanças de humor dela, só que por não estar passando por essas transformações preciso ter um dialogo com ela (que por ela vira motivo de briga) e mostrar que ela tambem precisa ser um pouco mais compreensiva comigo afinal só pai de primeira viagem. obrigado

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Anônimo!
      Parabéns pela sua atitude de compreensão, paciência e diálogo com sua namorada nesse período gestacional. Esse é o caminho!
      Por conta das intensas alterações de humor, esse é um período delicado que pode abalar o relacionamento do casal.
      Primeiramente é importante que ambos tenham ciência de que essas alterações são comuns na gestação. Em alguns casos, o que também pode ocorrer é que essa oscilação de humor pode ficar mais intensificada por causa do contexto de vida da mulher ou de como ela se sente nesse período(uma gravidez não planejada em um momento de vida complicado, por exemplo).
      O diálogo é sempre o melhor caminho! Tentem entender o que cada um sente e espera em relação a esse momento tão importante para os dois. Compartilhem o que desejam e gostariam um do outro. Muitas vezes, mudanças simples resolvem o problema.
      Sejam sempre sinceros no diálogo e se respeitem acima de tudo! Se mesmo após essas tentativas as brigas continuarem e vocês tiverem dificuldade de se entender, procurem ajuda profissional para que o(a) psicólogo(a) obstétrico(a) possa auxiliá-los a compreender o que está acontecendo e ajudá-los a encontrar alternativas para resolver a questão.
      Boa sorte!

      Excluir
  5. estou gravida de 11 semanas e ando muito sem paciencia e para completar meu esposo tem 2 filhas ,de quando era solteiro e agora as 2 estao querendo chamar atençao de um jeito,uma fic ligando toda hora e a outra parece querer ocupar meu lugar,uma mora c/ a mae outra c/ avo paterna,mas to tendo muita dificuldade em lidar c/ isso,tem horas q/ sinto vontade de largar e ir morar sozinha p/ nao me estressar

    ResponderExcluir
  6. Olá Anônima,
    Esse comecinho de gestação possibilita alterações de humor muitas vezes intensa, a irritabilidade e falta de paciência são comuns nesse período, são muitas transformações.
    Em relação as filhas do seu marido, é frequente que as crianças fiquem com ciúmes, elas percebem a chegada do novo membro na família, e isso mobiliza medos referentes a perda de lugar.
    O interessante nesses casos, é que o pai possa conversar com elas no sentido de garantir que elas continuarão tendo o espaço delas na família, apesar das mudança.
    Tem um texto no blog que fala exatamente disso, quando puder dar uma lida, talvez ajude um pouco mais na compreensão das atitudes que as meninas estão tendo!
    O link: http://www.acabecademae.blogspot.com.br/2011/07/ciumes-do-bebe-como-ajudar-os-irmaos-na.html

    ResponderExcluir
  7. Olá!
    Obrigada por permitir o desabafo de tantas mães que ainda não sabem como lidar com tudo isso. Estou de 8 semanas, e entendo as oscilações, carências, crises de choro..alterações que eu já esperava. No entanto, estou passando por uma situação surpresa: tomei uma certa birra do meu marido. Eu o amo, e estava radiante até engravidar, então começaram os questionamentos sobre o relacionamento e tudo têm me irritado bastante, até a voz..rs. Gostaria de saber se esta situação também é comom. Obrigada

    ResponderExcluir
  8. Olá Anônima,
    Está situação de ficar com certa "birra" do companheiro é comum sim. Porém, é preciso que exista um cuidado para que a relação de vocês não fique comprometida.
    Quando o casal engravida as mudanças na dinâmica conjugal são frequentes, e muitas vezes, as dificuldades em compreender e nomear essas mudanças gera sentimentos de descontentamento, por isso a importância de uma conversa aberta para compreenderem os incômodos que estão surgindo, e buscarem juntos a melhor solução.
    Boa sorte!
    E continue nos contando como está caminhando sua gestação.

    ResponderExcluir
  9. Olá,
    Eu estou com 20 semanas de gestação, e vivo cobrando muito do meu namorado, quase terminamos porque eu achei que era melhor ele ficar longe a aproveitar a vida com os amigos, ele fica muito chateado comigo, diz que a unica coisa que quer e ficar ao meu lado, mas estou muito insegura. Morro de medo de acabar com o nosso relacionamento com essa mudança de humo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Bruna Freire,

      Essas mudanças de humor geram muita instabilidade emocional mesmo. Nesse período é importante identificar o que está te deixando insegura no relacionamento de vocês, e poder compartilhar esses medos com o seu namorado.
      É importante também que ele te conte como está se sentindo, e que vocês tenham em mente que estas alterações estão relacionadas ao período gestacional e que vai passar.
      Continue compartilhando conosco a sua gestação Bruna!

      Excluir
  10. Ola minha esposa esta de 6 semanas, descubrimos que ela esta gravida a apenas 1, o quemacontece é que assim que descobrimosmque ela esta gravida tudo mudou, ela não sente atraçao por mim, qualquer coisa que faço por melhor que seja não é bom. Ela fica deitada o dia todo não faz nada em casa, oq faço para melhorar, ja estou perdendo a esperança.

    ResponderExcluir
  11. Olá Alexandre,

    Essas alterações de comportamento são comuns neste período, a mulher muitas vezes fica mais introspectiva e isso faz parte do vínculo que ela vai estabelecendo com o bebê.
    Tente manter uma conversa aberta e clara com ela, Alexandre. Explique como vem se sentindo e o quanto deseja ajuda-la, e não perca as esperanças, é uma fase. Caso, você perceba que esses comportamentos com o passar do tempo estão iguais ou aumentaram seria importante que os dois procurassem ajuda de um profissional especializado.

    ResponderExcluir
  12. Olá, estou gravida de 13 semanas, e de uns tempos pra cá, mais ou menos 2 semanas, tudo que o meu marido faz me chateia de uma forma que não suporto ficar perto dele, já pensei até em separação, o pior é que todas as mágoas de todo o relacionamento vem a tona, e na verdade parece mais uma mágoa terrível e uma vontade de ter raiva dele cada vez mais. Pra mim está sendo muito dificil porque gostaria de passar um tempo longe, mas moro distante da familia, e não tenho pra onde ir no momento, mas o fato é que não tenho vontade de fazer as pazes.
    E mesmo que faça daí a 2 dias começa tudo de novo.
    Vontade de sumir!!
    Hellen

    ResponderExcluir
  13. Olá Hellen,

    O interessante nesse momento é tentar manter uma comunicação aberta com seu marido. Tente expressar quais são as atitudes que vem te incomodando para que ele consiga compreender os motivos de querer ficar mais afastada.
    Boa sorte Hellen!

    ResponderExcluir
  14. Ola minha esposa esta de 9 semanas, ela ta simplesmente insuportável, uma hora da tranquilo e de repente começa a reclamar de tudo, a chorar, não quer sair, enfim... não sou de ter paciência e acabo ficando muito irritado. To até pensado em procurar um psicologo para me auxiliar a manter-me mais tranquilo e compreensivo.

    ResponderExcluir
  15. Olá Anônimo,

    Neste período a mulher passa por essas oscilações de humor, decorrentes das alterações hormonais também.
    Seria importante que você conseguisse contar para ela como se sente e como você está tentando ajudar.
    A sua iniciativa em procurar um psicólogo é muito boa, assim você terá um espaço seu para compartilhar e trabalhar suas angústias.

    ResponderExcluir
  16. tenho 25 anos e estou gravida pela terceira vez tenho um menino de 5 e uma menina de 7,estou com 6 semanas e acho q vou pirar anda muito estressada sem paciencia e acabo descontando nas crianças naum sei o q fazer brigo,grito e depois choro,q confusão fora q meu marido naum me entende e me critica por cima.o q faço hem alguem pode me ajudar....

    ResponderExcluir
  17. Olá Anônima,

    Tudo que você descreveu tem haver com as oscilações de humor que são frequentes durante a gravidez. É assim mesmo, um momento ri daqui a pouco chora, e a paciência fica no limite. Você está passando por um período de mudanças: mudanças hormonais, corporais e de papel (deixando de ser mãe de dois filhos para ser de três).
    Tente conversar com seu marido e expor como se sente, e pedir ajuda para ele ou para as outras pessoas no que diz respeito aos cuidados com seus dois filhos, isso pode ajudar um pouco.

    ResponderExcluir
  18. minha esposa esta gravida de 1 mes e 1 semana so que ultimamente ela olhap/ mim e começa a brigar a me ofender do nd e dps diz q nao fez nd e eu que sou errado ate que chegamos ao ponto dela pedir um tempo e eu ter q retornar p ksa dos meus pais mas estou morrendo de saudade dela e ela nem me atendi eh normal isso na gestaçao ? mto obrigado

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Rogério,

      As oscilações de humor são comuns no período gestacional. Porém, seria importante vocês conversarem abertamente para que cada um entendesse o lado do outro e o que motivou o pedido do "tempo". Expor seus sentimentos e a saudade que está sentindo é importante para sua esposa também.

      Excluir
  19. Ola minha namorada esta gravida de 20 semanas, ta muito dificil a convivencia dentro de casa, ela tah totalmente quieta, isolada, soh fala o necessario qd eu pergunto algo, qd fala eh pra chingar ou brigar, qd agenti briga e eu vo pra casa dos meeus pai em otro cidade, agenti conversa e ela fala que tudo que quer eh fika cmgo, ter uma familia e ser feliz, mas qd eu voltoo pra casa, dura 1 ou 2 dias, depois volta tudo como estava, verdadeiro inferno.. E quando vamos dormi ela se afasta, uma simples passada de mao no cabelo dela, e ela se irrita.. Temos ambos 21 anos .... Nao sei mais o que faco to totalmente desanimado..

    ResponderExcluir
  20. Olá Anônimo,

    Durante a gravidez a mulher tende em alguns momentos a ficar mais isolada, até para se vincular mais com o bebê.
    Seria interessante neste momento você conversar com ela e dizer como se sente diante dessas situações, e o quanto fica confuso com o que ela fala e depois age.
    Boa sorte!

    ResponderExcluir
  21. Parabéns! Me ajudou muito a entender a fase da minha mulher. Vou ter mais paciência com ela (muito mais ainda...). Vou indicar o site para ela, pois essas informações vão ajudá-la a compreender melhor o contexto.

    ResponderExcluir
  22. Que bom Anônimo,
    Contar com sua compreensão neste momento é muito importante. Parabéns pela sua iniciativa de buscar maneiras de ajudar a sua esposa.

    ResponderExcluir
  23. Estou com 15 semanas de gestação e estou num momento dificil com meu marido. Eu estou sentindo muita raiva dele. Quando eu estou perto dele eu fico muito agresiva nas palavras.
    Já pensei em fika separado dele até o final da gestação mais ele não aceito.

    O que eu posso fazer para amenizar esa situação?

    ResponderExcluir
  24. Oi Anônima,

    Muitas vezes, este momento que está passando e mais as alterações de humor causam maior irritabilidade. É importante refletir se você já estava com essas sensações antes da gravidez ou se começou agora, se a raiva está relacionada com algumas coisas que você gostaria que ele fizesse e não faz.
    O importante agora é refletir nessas emoções que está sentindo.

    ResponderExcluir
  25. Olá! Gostei do site pois eh uma forma de desabafar sem ser reconhecida! Ontem seria minha última ultra, sempre gostei de ser acompanhada por meu marido. Só q acordei lavei a louça, fiz café e ele deitado (o q ñ me incomoda), ao levantar se ofereceu para ir comigo, coisa q logo aceitei. Falei por 2 vezes de dar almoço o nosso baby de 2 anos e ele nada, creio q pelo fato de eu estar no pc. Ao terminar de dar almoço, comecei a ver roupa p/ meu filho e eu, foi qndo ele se ofereceu para faze-lo. Poxa seria bom ter feito qndo eu estava ocupada, fiquei muito brava ñ falei nada mas comecei a brigar com meu filho (que por sinal ñ tinha culpa de nada) Por fim meu marido me mandou ir sozinha q eles 2 ficariam em cs. Fiquei muito triste pois seria meu último exame e gostaria muito de te-los comigo, fui de óculos e chorando a viajem toda. O que me dói é saber que a irmã dele ele jamais deixaria sozinha. Pois qndo sua filha mais nova nasceu ela tinha tido uma briga com ele naqueles dias, mas qndo ela precisou ele estava lá! Vejo que ela que o pisa o trata igual a um nada, + ela tem valor. Ela disse a minha mãe que ele era igual a um cavalo qndo tava chateado, ligou pra mim e falou muito mal dele, e olha que ele era quem a sustentava. Só sabe falar manso qndo quer algo, fora o trata mal. Sem contar minha sogra que até poucos dias atrás como de costume em uma conversa comigo o chamou de o mentiroso dizendo que ele passou a vida inteira só em mentiras, falou que ele nunca foi de fazer nada por ela, que quase não fez nada em toda a vida! Ela só da valor a filha e ele é sempre rejeitado, nunca valorizado. Só q qndo minha sogra disse ñ gostar do meu filho falecido, ele a defendeu, dizendo q eu entendi errado, que não era bem assim. A própria mãe dele confirmou pra mim que queria que ele ficasse com a ex pois ela atendia as necessidades da irmã dele! E qndo perguntei e quanto ao que é melhor para seu filho, ela disse não ter pensado nessa parte. Qndo a irmã dele ligou conversamos e ela distorceu toda a conversa para ele foi nela que ele acreditou! Ela se faz de pobresinha pois sabe que ele cai nessa! Ele está sempre a defende-la, de tudo e todos. Mas mal sabe ou finge não saber o quanto ela fala mal dele por trás e ñ foi só comigo, mas com parentes e amigos. A ponto de uma antiga amiga dela me perguntar como eu conseguia viver com ele depois de tudo o que a ____ falou sobre ele. Isso me dói muito pois quem o ama de verdade, quem dá valor a ele é a pessoa da qual ele tem essas atitudes. Mas duvido que ele deixasse a irmã ou a mãe!
    Juro ñ tenho ciúmes delas, mas me sinto por vezes desvalorizada por alguém que já me traiu mas eu nunca o deixei. Na verdade as vezes vejo que o que falam eh verdade homem gosta de ser pisado, pois percebo que elas que o pisam ele nunca abandona. E o que me deixa com mais raiva é que ele parece ou finge ñ perceber o que acontece pois elas o pisam, maltratam mas ele está sempre por perto. pois acha que as duas são pobre coitadas!
    Sei q de ontem pra hj eu choro pelo fato de ter me sentido abandonada logo agora, tenho raiva dele e já pensei até em me separar pois assim como filhos ñ prendem um homem, tbm não p fazem com uma mulher. Já pensei se ele me ama ou está comigo por comodidade! AHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHH que vida loka. Lamentavelmente de ontem pra hj gostaria de ñ estar grávida, pois ñ queria que meus filhos vivessem em situação de pais separados, ou o pequeno que está na barriga estar nesse conflito doido de sentimentos e lágrimas, pois do + velho eu ainda disfarço, mas o que está na barriga sente tudo o que sinto!
    Desculpe pelo livro que escrevi e obrigada por esse espaço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Anônima,

      Que bom que gostou do blog.
      Parece que a maioria das situações que você compartilhou aqui com a gente são anteriores ao seu período gestacional, mas agora as coisas estão se intensificando até pela sua condição atual.
      Seria interessante você poder ter uma conversa franca com o seu marido, falando um pouco de si e de como vem se sentindo nos últimos tempos.

      Excluir
  26. minha namorada tb esta passando por isso nao quer nem me ver tudo que faço para ela fica com mais raiva ainda, ela esta com tanto odio de mim que nao consegue me olhar por isso ela pediu um tempo mas sera que nao tem outro jeito dela ficar mais calma comigo ela esta entrando no 3 meses agora sera que vai passar quando essas alterações de humor

    ResponderExcluir
  27. Oi Rodrigo,

    Este período é de crise para todos mesmo, talvez nem a sua namorada saiba claramente os motivos que estão fazendo ela ter essas reações.
    Quando ela estiver mais tranquila seria interessante conversar com ela para que ambos entendessem os pontos de vista do outro.
    Essas alterações de humor tendem passar depois da chegada do bebê.

    ResponderExcluir
  28. Meu Minha esposa esta um mes e quinze dias e irei fala pra vcs o barato esta loco com ela totalmente sem paciencia,esta com uma Puta Estupidez Que pelo amor de Deus só ele Sabe.....E eu Não sei O Que faço mais Carinho tem,Amor tem,Afeto tbm POR FAVOR MEEEEEE AJUUUUUDEM.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Felipe,

      Está fase é complicada para o casal, para ela por causa das alterações de humor e para você que tem que aprender um novo jeito de lidar com ela.
      Tente colocar o seu ponto de vista, como vem se sentido com a situação. Assim, vocês poderão discutir sobre o que está incomodando cada um e tentarem uma boa solução para os dois.
      O importante nesta fase é ter paciência, mas sem deixar de ter uma comunicação clara!

      Excluir
  29. OLA ESTOU COMQUASE4 MESES E MUDO DE HUMOR VARIAS VESES E CRIEI UM ABUSO DE UM AMIGO DO MEU ESPOSO NÃO SEI SE E CIUME POIS ESSE AMIGO A MUITO APEGADO A ELE MUITO CHICRETE E EU QUERO A ATENÇÃO DO MEU MARIDO SO PRA MIM TODA VEZ QUE EU VEJO ESSE AMIGO DELE ME DA UMA RAIVA E LOGO FECHO A CARA PRO MEU ESPOSO ME AJUDE O QUE FAÇO PRA MELHORAR ISSI!!

    ResponderExcluir
  30. Olá Anônima,

    O interessante seria conversar com seu marido e explicar como se sente quando precisa dividir a atenção dele com um amigo. Explicar que está sentindo mais necessidade de carinho e atenção pode ser um bom início de conversa e assim, ele pode compreender também os motivos que te levam a "fechar a cara" e etc.

    ResponderExcluir
  31. Ola. descobri recentemente a gravidez da minha namorada. Porem nossa relação nao estava muito harmoniosa, por incrivel que pareça ela reclamava de muita atenção, muito carinho. isso pode ser sintomas de que ja estava gravida quando começou a reclamar, ou realmente nossa relação esta caminhando ao fim.
    Ps. a Amo muito

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Anônimo,

      Pode ser uma mistura de tudo, a relação já podia estar um pouco desgastada e com as alterações gravídicas vocês podem ter ficado com a sensação de estarem passando por mais conflitos.
      Seria importante vocês sentarem para avaliar se a desarmonia já estava presente antes da gravidez e só intensificou, ou o contrário.
      Assim pode ficar mais claro para vocês os pontos que vocês precisam conversar mais buscando um entendimento em comum.

      Excluir
  32. ola estou gravida de 31 semanas e vivo brigando com meu marido ele foi viajar a trabalho disse que me amava e ao bebe tambem de manha depois a noite brigamos e ele disse q vai morar com a mae dele ..ele não tem um pingo de paciencia comigo nem me ligou fazem dois dias ..nem eu tenho paciencia com ele ..ele ja me ofendeu muito não entende que estou com os hormonios alterados ja levou quase todas as coisas dele de casa pq quebrei algumas porque fiquei nervosa com ele mais não foi por maldade amo ele queria ter uma familia pois ja crio uma menina de 11 anos sozinha e não quero passar por isso de novo ja estou em depressao mais não vou me humulhar pra ele não sei o que fazer me judem

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Anônima,

      Seria interessante que vocês pudessem conversar e expor como cada um tem se sentindo na relação, a conversa pode clarificar para ambos os lados o que um tem feito que pode estar estressando e magoando o outro e vice-versa.

      Excluir
  33. estou com 4 meses e meio e sinto que meu noivo ja nao me procura mais como antes, até os 3 meses eu era muito impaciente agora nao mais, agora que a barriga ja aparece me sinto feia e só quero chorar e cada dia piora pq sei que quanto mais o tempo passar ai mesmo que ele nao vai me procurar amo meu bebe, mas tenho medo de perder meu noivo ou ele procurar outra só pra ir transar ... to ficando loucaaaa. agnt se da bem e tudo ele nem sabe que fico me sentindo assim que choro e tudo mais. e sei que quando a barriga tiver maior aii sim que ele nao vai querer nada.

    ResponderExcluir
  34. Olá Anônima,

    Seria interessante que você pudesse conversar com seu noivo de como vem se sentindo. Alguns homens têm a crença de que ao terem relação sexual com a mulher grávida podem machucar o bebê, ou até mesmo que a mulher fica meio "santa", e isso não tem haver com falta de desejo, e sim com crenças e valores. Procure saber o que vem acontecendo para esse distanciamento estar ocorrendo.

    ResponderExcluir
  35. Olá!

    Sou casado a dois anos e minha esposa está grávida de 3 meses. É nosso primeiro filho e eu estou muito feliz. No entanto, não vejo a mesma felicidade nela, o que me preocupa muito.
    Ela tem passado muito mal nas últimas semanas, mas mesmo assim, pelo que já vi acontecer com outros casais, as mulheres ficam felizes com a chegada do bebê.
    Tenho muito medo de que ela esteja rejeitando a criança.
    Não sei mais o que fazer!

    ResponderExcluir
  36. Olá Anônimo,

    Os primeiros meses de gravidez costumam ser complicados para a maioria das mulheres, em especial para as de primeira viagem, pois a mulher tem que se adaptar com uma série de mudanças corporais, hormonais e emocionais. Talvez por isso sua esposa esteja passando mal, o que não significa que ela não esteja feliz ou rejeitando o bebê.
    Precisamos lembrar também que cada um tem uma maneira de reagir a situações de felicidade.
    Seria válido você conversar com sua esposa para entender o que está acontecendo com ela, e para que você expresse também sua preocupação com ela.

    ResponderExcluir
  37. oi por favor me ajude Eu e minha namorada começamos a morar juntos e foi dando e passando tempo ela converssou com migo q queria engravidar de mim , e Deus deu esta oportunidade a nós dois e o maior sonho nosso ,e ela começou a passar mal vomitar muito e teve q tomar soro e ela foi para casa dos pais dela saiu da minha casa tudo bem ñ emportei muito pq ela esta com os pais dela ,e foi passando semanas e eu ia na casa dos pais dela vizitala ajudala ,mas eu pedi a ela pra vir ficar uns dias aqui em casa ,passar o final de semana com migo jantar fora ir para lugares diferentes com migo passar juntos pq eu estou sentindo muita falta dela e da criança pq eu amo ela muito muito mesmo ainda mais ela esta me trazendo com ela um filho meu q e tudo que eu mais quero e queria na minha vida esta crescendo na maravilhosa barriga dela ,e ela ñ quiz vim e eu marco lugares para nos irmos ela ñ quer estar com migo ñ liga pra mim ñ conversa mais com migo e nem sei como ela esta ,pq ela só quer ficar na casa dos pais dela ou então ela fica na casa das irmãs dela mas com migo ñ e nós descultimos ja ,mas depois nós converssamos e agora ela ñ quer voltar para nossa casa eu pergunto para ela como esta o nosso namoro o nosso amor ela ñ fala amim nada só me diz q ñ sabe de nada e eu estou ficando muito louco da cabeça pq só a mãe dela me enfoma sobre ela e eu estou vendo q ela esta me evitando de qualquer maneira e eu ñ consigo mais trabalha sussegado ou melhor viver em paz ,pq estou preoculpado com a saude dela e do nosso filho eu a amo muito ela ,mas ela ñ tá nem ai com migo como estou vivendo como esta meu dia a dia oq eu fasso tudo q eu falo com ela ,ela só diz a mim q ñ sabe de nada eu estou ficando louco com isto me ajude por favor.....

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Anônimo,

      Parece que a relação de vocês mudou depois que ela foi para a casa dos pais né?
      Seria interessante se você conseguisse sentar com ela para conversar como vem se sentindo, e o que vem te incomodando na relação de vocês. Até para que você possa entender os motivos que ao seu ver estão deixando-a mais distante.
      Abraços

      Excluir
  38. Bom eu estou gravida de 13 semanas e tudo foi planejado ..meu marido esta muito feliz e eu tbm mais não demonstro a mesma felicidade e as veses penso em separação não aguento mais ve ele na minha frente...a unica coisa q penso é só em mim e no meu filho

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Denisia,

      Pense se já estava com esse sentimento antes da gravidez, ou se aconteceu algo entre você e o seu marido que pode ter te deixado com essas emoções. E se possível tente conversar com ele, quem sabe juntos vocês encontrem uma solução.

      Excluir
  39. Anonimo:17 de maio de 2013
    ola eu estou com quase dois meses de gestação e sofro muito com as mudanças de humor que são repentinas e constantes eu ja cheguei a brigar com meu marido por ficar irritada de repente e ele como sempre muito compreensivo tentando me acalmar de algo que eu nem mesmo sabia o motivo de tanta raiva, mas tem uma coisa que me preocupa na maioria das vezes eu fica com raiva muito furiosa mesmo e estou ficando preocupada com isso não sei se é normal esse sentimento eu começo a lembrar de coisas passadas e trago tudo a tona começam as discussões também percebi que estou mais ciumenta o dobro pra ser sincera isso também é normal ou não me sinto feia e gorda me da desespero por favor tem algo que eu possa fazer para melhorar minha situação estou desesperada...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Anônima,

      Seria importante você conversar com seu marido, até para deixarem o passado no seu devido lugar, porque se ficam voltando é como se as coisas nunca tivessem ficado no passado de fato.
      Caso você perceba que essas alterações de humor estão fugindo do seu controle, seria importante procurar um psicólogo para conversar e entender um pouco do que está lhe acontecendo.

      Excluir
  40. Ol...
    Casei recentemente a dois meses, minha esposa está na 32ª semana de gestação de nosso primeiro filho e vive alterando seu humor. De certa forma entendo toda essa alteração de humor que está ocorrendo com ela, hormônios a mais que deveria no corpo dela. Porém ela a toda conversa que temos sempre acabamos discutindo por algo, tento amenizar mas ela não dá brechas sempre querendo complicar mais e mais, estou rezando e pedindo que nosso filho nasça o quanto antes para que ela possa normalizar o seu humor. Nao posso fazer nada que ela não possa fazer como por exemplo beber com amigos para desparecer, ou mesmo ir a casa de um amigo que ela ja vem com 7 pedras na mão. Atualmente ela mora um pouco distante de mim devido ao trabalho, porém está esperando terminar o 8º mês de gestação para poder vir para nossa casa, uma vez que ela irá requerer a licença maternidade ao final do 8º mês, mas com tudo nos falamos diariamente. Diante tudo ao conversarmos ela fica impaciente e diz que nosso casamento não dá mais certo, que temos que repensar, que nao vamos muito longe, que nao estou fazendo nada. Porem diante tudo isso evito as vezes conversar com ela, por ela mesma e pelo nosso filho também, uma vez que o mesmo encontra-se dentro de sua barriga ainda. Mas estou ficando louco com tudo isso. Como falei anteriormente rezando e pedindo todo dia saude para ela e nosso filho e que toda essa turbulencia acabe logo.
    Então pergunto, será que faço correto ao nao querer falar com ela para evitar que acabemos discutindo e assim atingindo o nosso filho que ainda encontra-se na barriga dela?

    ResponderExcluir
  41. Bom dia Dra. Elisangela!

    Minha esposa está com 22 semanas, grávida de gêmeos, 2 meninos, ela já tem um filho de 7 anos de outro relacionamento que vive conosco desde que fomos viver juntos (3 anos e meio), tenho uma excelente relação como o menino de pai e filho mesmo, que é como eu o considero, meu filho, ele me chama de pai e me respeita, e a recíproca é verdadeira, eu o amo de verdade. Tenho 31 anos e minha esposa 32 (diferença de 4 meses apenas). Estamos juntos a 4 anos e meio, mas, no ano passado ficamos separados por 8 meses, voltamos e logo nos primeiros dias, ela engravidou, segundo os cálculos do nosso obstetra. Estou muito feliz, pois serão meus primeiros filhos. Mas daí os problemas começaram, no ano passado que separamos, os motivos das brigas eram sempre os mesmos, nada do que eu fazia era o suficiente, o filho dela é muito mais apegado comigo do que com ela, cuido e dou todo o amor a ele, e cuido bem da casa, sou do tipo homem moderno, que cozinha, limpa a casa e tudo mais, mas, infelizmente não dou conta de bancar a casa financeiramente sozinho, ela tem que trabalhar. Voltando ao motivo das brigas que nos fez separar, eu sempre pedia que ela e eu procurássemos um psicólogo, mas ela nunca foi, mas eu fui e a psicóloga disse que eu sou altruísta, e que minha esposa e eu tínhamos que fazer uma terapia de casal, mas como disse, minha esposa nunca quis ir, porém depois que separamos, ela foi e o psiquiatra diagnosticou um transtorno de ansiedade compulsiva, onde ela fez um tratamento com medicamentos no tempo em que ficamos separados. Relatei isso para dizer que todas estas situações voltaram, uma hora minha esposa me ama e sou o melhor homem do mundo, na outra, eu não sou nada daquilo, enfim, a família dela é de outra cidade, ela vem dizendo que quer ir embora, e pra ajudar, meu Pai faleceu devido a leucemia há 2 semanas, que vinhamos lutando junto com meu Pai há dez meses de internações, UTI, quimioterapia . Minha família (mãe e irmãs) está muito fragilizada e eu como único homem, fico com essa responsabilidade involuntária de dar atenção, carinho neste momento tão difícil em nossas vidas, pois tínhamos um relacionamento muito próximo e de muito carinho com meu Pai. Então com esse monte de sentimentos e responsabilidades que caíram sobre mim, estou quase pirando, se não fosse por minhas orações, minha Fé em Deus e minha família, acho que já tinha enlouquecido. Foi mais um desabafo, uma vez que tenho pleno conhecimento "teórico" sobre as alterações de humor na mulher grávida, mas eu tenho um senso de responsabilidade grande, onde me sinto responsável pelo bem estar de todos e não estou dando conta. Obrigado pelo espaço. Fiquem com Deus.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Anônimo,

      Muita coisa acontecendo na sua vida né?!
      A noticia de uma gravidez de gêmeos é uma noticia alegre, mas que também traz muita ansiedade para mulher, e com isso vários sentimentos e emoções podem se misturar, por isso é tão importante conversar.
      Seria importante que você também colocasse como vem se sentindo, até para que não fique com um acumulo de emoções que posteriormente pode te fazer mal.
      As vezes tentamos evitar o sofrimento guardando o que estamos sentindo, e não percebemos o quanto o sofrimento as vezes é maior para nós e para os outros.

      Excluir
  42. oiii
    Minha namorada está gravida de 17 semana e pela primeira vez na graviez ela me evitou na hora de fazer sexo me disse q não queria isso ja faz uma semana que não fizemos sexo ela se diz irritada parece que gosta masi dela e do bebe do que de mim oque seria isso ?

    ResponderExcluir
  43. Olá Anônimo,

    Algumas mulheres durante o período gestacional tem alterações na libido, que pode tanto aumentar quanto diminuir, e isso não tem uma relação direta com o afeto,e sim com os hormônios.
    Seria bom você conversar com ela, para tentar compreender o que ela vem sentindo e expor a ela como você está se sentindo.

    ResponderExcluir
  44. olá

    minh namorada esta gravida de quase 4 messes no inicio ela me procurava e dizia que eu fazia muito bem pra ela, hoje ela já nem me procura mais e parece estar distante , sente-se irritada e tudo oque eu faço parece que ela não se importa, parece que é ela é a criança e o resto não faz mais parte da vida dela, oque eu faço??????

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Anônimo,

      Tente conversar com ela expressar como vem se sentindo em relação ao distanciamento dela, se possível expresse como tem sentindo falta dela e o quanto quer ela por perto.

      Excluir
  45. Augusto Ferreira Acerbi16 de junho de 2013 00:58

    Olá minha noiva está gravida de 3 meses e com frequencia ela não me manda mensagem não liga, sabe não tá nem aí, se eu não ligar ou não mandar mensagem. Parece que ela não me ama, não quer mais fazer amor, não sei mais o que fazer. essa ultima vez eu não procurei ela. E tudo isso fica pior pois estou fazendo a casa mais ela quer que vou dormir na casa do pai dela e eu não quero pois tenho que cuidar dos meus negócios para q nós possamos nos mudar para nossa casa rapido. o que faço, ela é super fechada para diálogo, ela não se abre comigo embora eu fale com ela da importancia de um diálogo na relação. O que posso fazer para que ela possa entender e se abrir comigo?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Augusto,

      Bem, você nos disse que ela é muito fechada ao dialogo né?! Veja, se consegue expor o que você está sentindo, como fica e o que está fazendo para o bem de vocês enquanto casal e para o bem da família que está construindo. Seria legal que você conseguisse falar de seus sentimentos, sem questionar os dela, isso pode ajudá-la a se sentir mais segura para falar de si.
      Caso não adiante, tente outras maneiras, como escrevendo uma carta e pedindo para que ela responda em forma de carta também.
      Espero ter podido ajudar e desculpe pela demora.

      Excluir
    2. Amigão... pode acreditar que você não está sozinho nessa. Minha namorada faz a mesma coisa. Tenho certeza que ela faz um esforço muito grande pra me SUPORTAR. ehehe
      O que eu estou fazendo é dando carinho e segurança pra ela. Mas tem horas que dá vontade chutar o balde mesmo... Já me conformei em esperar a gestação ir passando e ver o que acontece. Se for alteração de humor causada pelas alterações fisiológicas da gravidez, ficaremos juntos, caso contrário, só Deus sabe o que vai ser do meu relacionamento.
      Espero que tudo de certo, gosto dela.

      Excluir
  46. boa noite, vir no blog o seu imail e as perguntas freqüentes , minha namorada se encontra gravida , de 18 semanas , ela ja disse que me ama que nao sabe viver sem mim , mais o que acontece é que esses dias pegueis chorando no sofá na madrugada , abracei ela , peguei o cobertor a enrrolei e tentei ser o
    Máximo paciente pq eu sei da mudança repentina de humor . E aí nessa conversa ela perguntou se depois tem como eu ficar com o BB pq pra onde ela vai nao da pra ficar com
    Ele , na verdade nem ela sabe pra onde vai , quer sair nesse mundo a fora , tentei conversar com ela mais ja foi
    Motivo de desculçao , depois no outro dia ela falou que melhor do que ela ir é depois que ele nascer e ela ja tiver comdiçoes de trabalhar , alugar um lugar pra ela pra assim ficar próxima do BB , realmente nao sei o que fazer , agora por exemplo ela tava deitada malmente falando comigo foi pro sofá , e lá ficou, acabo ficando muito triste , e me tornando aos poucos mais frio , nao
    Pq eu queira , pq eu realmente gosto dela e como ja disse a mesma o
    Que mais quero é que meu filho cresça em um lar com pai e Mae , aonde ele possa ver sentir orgulho e se sentir amado , nao tenho ninguém pra conversar pois aqui em SP somos apenas eu e ela , desde ja sou grato , Muito obrigado , aguardo retorno e uma ótima sexta feira .!
    higor

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Higor,

      Não entendi direito,vocês três não podem morar juntos depois que o bebê nascer?
      Sei que estes momentos de alterações de humor é muito difícil para o companheiro, mas você está fazendo muito bem mostrando que está por perto e sendo carinhoso.
      Seria bom, se conseguisse conversar com ela e tentar expressar como se sente ao vê-la desta maneira. As vezes é preciso além das atitudes, falar também. Porque em alguns momentos a pessoa está tão absorvida pelos problemas e dores que não consegue nem perceber as atitudes, e não é por mal, é porque está difícil para ela.
      Boa sorte!

      Excluir
  47. ola estou gravida de 2 meses, eu nunca tive ciumes do meu marido e agora estou louca de ciumes, ate dele trabalhar estou com ciumes ... fico imaginando coisas!! quero ele perto de mim toda hora... agente ta brigando muito por isso !! me ajudem

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Anônima,

      Tente se questionar o que vem te deixando insegura, às vezes, durante a gestação ficamos inseguras por conta das transformações do corpo, ficamos mais carentes pela questão hormonal, entre outras questões. Tente perceber o que está lhe dando essa sensação e converse com seu marido sobre o que vem sentido, e como ele pode te ajudar se sentir mais segura.
      Boa sorte!

      Excluir
  48. puxa elisangela gostei do seu blog...minha namorada esta gravida...estou fazendo td por ela e ela esta me tratando tao mal...ela ja tem um filho mas o pai nao ajuda em nada e mora fora do pais... eu sempre a amei foi uma paixao antiga q se concretizou...passamos por um aborto...agora vamos ter...mas te confesso que pela forma q ela vem me tratando ja perdi o gosto por viver...nem vejo motivo pra seguir...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Anônimo,

      Vocês já tentaram conversar como você vem se sentindo?
      Tente expor o quanto vem tentando ajudá-la, converse com ela se ela está vendo o que você vem fazendo como ajuda. Tente ter uma comunicação mais aberta possível.
      Às vezes, o que estamos fazendo e percebendo como ajuda, a pessoa vê como outra coisa, e então começa os conflitos, porque cada um interpreta de uma maneira.
      Tente conversar!
      E depois se sentir à vontade nos conte o resultado.
      Abraços

      Excluir
  49. Minha namorada terminou comigo no 1 mês gravidez . Neste mês estava horrível seu humor e me destratando .Adicionando com sua característica sendo de uma pessoa impaciente e ansiosa .Depois uma semana ela fez teste e me anuncia.Tentei me aproximar e assumir nossa relação ,pois,estamos constituindo uma família .Mas ela diz que vai criar sozinho mas não tem condições financeira.Da crise de ciumes,me rejeita,todas alterações possíveis. Tento dar espaço e afirmar-la que meu filho e ela vou atender eles em tudo .Ela disse que quer conhecer minha família pois meus pais é de outro estado e ela nunca conheceu neste 3 meses. Mas ao mesmo tempo que me rejeita.Temos momentos que ela fala como vai ser nosso filho ,buscando característica em mim e nela e vejo aceitação melhor agora da gravidez do que foi inicio. A minha duvida é seguinte neste fase hormonal devo considerar as coisas q ela diz ou devo fazer como faço dou assistência vou ao medico e evito qualquer forma de pressão. Ou devo acreditar e fazer como já faço tocar minha vida.E aceitar q pode ser hormonal ou que ela não vai querer a seu lado e do meu filho .

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Anônimo,

      Neste período de gravidez, além das alterações hormonais a mulher também fica com certa ambivalência afetiva, e isso acaba por causa essas mudanças de opiniões e decisões.
      É importante sim que você se mostre presente, possibilitando que ela se sinta segura.
      Agora não é o momento de tomar nenhum tipo de decisão mais radical, pois vocês estão em um momento de crise, de transformação de uma realidade.

      Excluir
  50. Ola meu nome é mauro e minha namorada esta tendo drasticas mudanças de humor ,eu tento entendela o maximo posivel pois ja tinha visto em outros sites que essqs mudanças de humor sao normais.n sei como conversa com ela pois alem dela ser mae de primeira viagem eu tambem sou pai de primeira viagem e queria saber conversa com ela para deixar nossa relaçao mais saudavel e alegre.planos que faziamos antes como nos casarmos ela diz que agora se sente insegurà com o casamento,outro ponto kkkk eo sexo digâmos que n passa n'a cabeça dela d jeito nenhum.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Mauro,

      Tente começar a conversa falando sobre você, e como vem se sentindo depois da gravidez, às vezes, a mulher fica tão envolvida com o que vem sentindo que não consegue perceber como o parceiro está.
      Mas o diálogo aberto é a melhor saída.
      Boa sorte e volte para nos contar como estão as coisas!

      Excluir
  51. Estou gravida de 5 semanas, e depois que descobri isso nao consigo ficar perto do meu namorado, sinto que parece que nao gosto mais dele, até o fim de semana que descobri que estava gravida estava tudo normal eu rindo queria fica perto dele agora só de olhar me da raiva, ódio, vontade de xingar ele o que faço?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Larissa, está sensação costuma ser normal e passageira durante a gravidez, procure observar o que está te irritando nele e tente explicar a ele o que vem sentindo.
      Abraços e boa sorte!

      Excluir
  52. Estou passando por uma grande dificuldade no meu relacionamento, não sei mais o que fazer. Estou com quase 5 meses e meu parceiro não consegue compreender que ele tem um papel fundamental na gestação. Não mudou em nada sua rotina, vive por ai e pouco se importa comigo. Sempre que tento conversar, acabo enfiando os pés pelas mãos e sai briga. Estou de fato muito chateada com tudo o que tem acontecido e não sei mais o que fazer. Queria muito ter uma solução, mas a cada dia vejo que de fato nos encaminhamos para a separação, desfecho esse jamais esperado e desejado por mim. Estou realmente muito triste com isso e sempre esperei que esse momento fosse de fato especial para nós, mas está sendo marcado com descaso e ausência de cuidado. Alguém tem alguma dica?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Anônima, muitas vezes o homem só consegue se apropriar de seu papel de pai no momento em que vê o bebê. O momento é de crise para os dois, são novas adaptações, uma nova realidade, que nem sempre, na maioria das vezes não é a realidade que a gente esperava encontrar nos nossos sonhos. Tente conversar quando estiver de cabeça fria, e mostrar como você vem se sentindo.
      O momento agora não é de grandes decisões.
      Caso você não consiga um dialogo aberto com ele, procure um profissional para intermediar a conversa entre vocês. As vezes um não está conseguindo escutar (que é bem diferente de ouvir) a necessidade do outro.
      Boa sorte!
      Abraços

      Excluir
  53. Ola eu toh com 30 semana de gestação e cada vez meu menos sinto vontade de ter relações sexuais com o meu marido...eu trabalho o dia todo e quando chego em casa ainda faço os serviços domésticos e cuidar dos meu 2 filhos e me fico super cansada e o meu marido não entende acha que e frescura...cada dia que passa estamos mais distantes ele até pensa que eu tenho outro homem...imagina se tem cabimento eu com esse barrigão....eu choro todos os dias com o descaso dele.....o que eu faço?isso é normal não querer ter relação?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Anônima,

      Cada mulher vai reagir de uma maneira nesse período. Há mulheres que ficam com o desejo sexual aumentado e outras que diminui. Além é claro, de todas as tarefas que você tem desempenhado.Sugiro que converse com seu marido e explique o quanto tem se sentido cansada com todas as tarefas que precisa realizar cotidianamente.
      Abraços e boa sorte!

      Excluir
  54. OLA EU ME CHAMO ADRYELE TENHO 18 ANOS SOU CASADA E ESTOU GRAVIDA DE 9 SEMANAS EU TO SEM PACIENCIA TA TUDO ESQUESITO PRA MIM ONTEM MEU MARIDO ME CHAMOU DE CHATA E HOJE TAMBEM COMO FAÇO?ELE DISSE QUE EU NAO ERA ASSIM ANTES DE ENGRAVIDAR A GORA EU TO IRRITANTE EU JA PENSEI ATE EM SEPARAÇAO.......... ME AJUDEM

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Adryele,
      Desculpa a demora em responder.
      Adryele, essas alterações de humor e esquisitice que está sentindo é normal para esse começo de gravidez. Tente explicar isso para o seu marido, e procure não tomar nenhuma decisão nesse momento de alterações.

      Excluir
  55. oi,estava num relacionamento tranquilo minha namorada começou a ficar estranha,descobriu q estava gravida,isso tudo mudou ela no começo nao queria nein me ver depois ja começamos a ficar junto planejar as coisas juntos,pensei q estava tudo bem,mas sempre mudando o humor,tem uma semana q ela, ficou muito nervosa falou pra mim seguir minha vida q nao e pra termos nein um vinculo mais so o bebe nao sei o que fazer pq amo ela e queria estar presente,um dia e uma coisa outro outra e quando estou perto vejo a raiva q ela tem de mim,mas uma coisa incerta declara q ama outro dia odeia.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Smaley,
      Tente conversar com sua namorada quando ela estiver mais calma, e se possível coloque como vem sentindo-se.

      Excluir
  56. Olá, Elisângela. Muito legal esse espaço no seu blog para trocarmos experiências. Me sinto entre a cruz e a espada. Minha noiva está grávida de 2 meses, 1º filho, e nos últimos dias o humor dela parece ter piorado. De manhã ela me abraça e me beija. A noite ela nem olha na minha cara. Me responde de forma ríspida. O mau humor tem prevalecido sobre o bom. Não sei se ela tem dúvidas quanto ao nosso relacionamento. Fico com medo de conversar, de me abrir e propor à ela que se abra também. Até que ponto é conveniente tentar o diálogo, já que é fato que a gestante passa por essas alterações de humor? Tem hora que é melhor relevar o mal humor da gestante em prol da estabilidade do relacionamento? Eu a amo muito e quero fazer o que for melhor para nós 3.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Anônimo, a comunicação é importante até para manter a estabilidade da relação de vocês. Por mais que essas alterações de humor sejam comum durante a gestação, é importante que o casal converse e que um saiba o ponto de vista do outro.

      Excluir